Furto de energia leva dono de supermercado à prisão na Capital

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na tarde de hoje, o proprietário de um supermercado pelo desvio de energia elétrica da CEEE. O estabelecimento, equipado com açougue e padaria, fica na avenida Assis Brasil, no bairro Passo D’Areia, zona Norte da Capital. Pelos cálculos da companhia, o débito pelo consumo não faturado chega a R$ 21 mil.

O responsável pelo comércio foi levado para o Presídio Central. O furto de energia é crime, previsto no Artigo 155 do Código Penal, com pena que pode variar de dois a oito anos de reclusão.

A Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio das Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP) prendeu o dono do supermercado após a CEEE identificar o desvio, conhecido como “gato”. Equipes do Instituto Geral de Perícias (IGP) vistoriaram as instalações e comprovaram a fraude.

Através do trabalho de fiscalização, a CEEE recuperou, só no primeiro semestre, R$ 11 milhões em decorrência de ações de cobrança.

Fonte: radioguaiba.com.br